Quando não conhecíamos a Jesus, éramos como cegos, tateávamos pela escuridão, andávamos tropeçando, porque não havia luz em nossa vida. Estávamos sujeitos a todos os tipos de perigos porque nem ao menos sabíamos quem era o nosso inimigo de verdade.

Hoje que nós conhecemos a Jesus, não somos mais cegos. Portanto nossa vida PRECISA ter mudado radicalmente! Como pode alguém conseguir ver o que está ao seu redor, e agir como um cego? Como pode alguém conhecer a Jesus e não andar em novidade de vida?

“De sorte que fomos sepultados com Ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.”   Romanos 6.4

Nós não podemos pensar que é normal e irrelevante estar cometendo os mesmos pecados que cometíamos antes de ter encontrado a luz verdadeira! Não podemos viver tendo ódio dos outros, com inveja, avareza, imoralidades, desonestidades, cobiças, mentiras, altivez de coração…, e estar com a consciência tranquilíssima e convicto da sua salvação!!

Veja o que diz 2 Pedro 2.20-22

“Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.

Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;

Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.”  

 Não é porque uma vez na vida foi feita uma oração na qual aceitamos Jesus, que estamos salvos! Para alcançar a salvação é preciso que continuamente estejamos seguindo os mandamentos de Deus, e os ensinamentos de Jesus porque, afinal, eles não estão escritos na bíblia para enfeitá-la, não nos foram deixados ‘para bonito’! Antes foram feitos para serem CUMPRIDOS E VIVIDOS! E importa que, como consequência dos nossos pecados, tenhamos frutos de arrependimento, e depois do arrependimento, mudanças de atitudes!

Importa  ama-lO de verdade, quere-lO de verdade, com um amor não fingido! Porque afinal:

(Jesus disse):“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama, e aquele que me ama será amado do meu Pai e eu também o amarei, e me manifestarei a ele.” João 14.21