“Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males” 1 Tim 6.10a

Se há guerras, é porque querem mais dinheiro, mais bens, mais terras…; se há tantos assaltos, é porque invejam e cobiçam bens materiais e dinheiro; se há soberba e vaidade é porque pessoas estão se prevalecendo por terem mais dinheiro do que outras; se há pessoas passando fome e frio é porque há pessoas amando o dinheiro; se há…

O dinheiro pode ser usado para fazer o bem assim como para fazer o mal, cabe a nós sabermos o que fazer com ele quando estiver em nossas mãos. Entretanto, cuidado, o dinheiro seduz e pode ser pedra de tropeço; no momento em que deixamos nos seduzir por ele, e começamos a amá-lo, a busca desenfreada por tê-lo nos cega.

No livro de Eclesiastes, Salomão escreve que em sua vida ele se esforçou para alcançar grandes projetos, ajuntou prata e ouro, tornou-se famoso, e não negou nada ao que seus olhos desejaram, mas ele concluiu que tudo isso era como correr atrás do vento! (Eclesiastes 2.4-11) E isso é muito verdadeiro, porque do que adianta nós ajuntarmos muitos bens materiais aqui na terra, trabalharmos anos e mais anos para tê-los, se não levaremos absolutamente nada quando morrermos, só podemos concluir que isso é inútil.

Logo, temos muitas razões para ajuntar tesouros no céu e não na terra! E nós ajuntamos tesouros no céu mostrando aos perdidos que Jesus é o único caminho para a salvação, ouvindo a palavra de Deus e a obedecendo, se esforçando para orar muito, lendo a palavra de Deus, ajudando aos pobres e necessitados, ajudando a apascentar as ovelhas de Jesus…

E isso não é difícil, desde que entendamos que aqui, nessa terra, somos peregrinos (estrangeiros) e que a nossa morada verdadeira é lá no céu, e se ficarmos com nossos olhos voltados para esta nossa futura morada (a nova Jerusalém, cidade feita de ouro, que tem 12 portões de pérolas, e que tem fundamentos de 12 tipos de pedras preciosas… – Apc 21.9 até Apc 22.5), então conseguiremos ajuntar tesouros no céu!

Deus abençõe a todos!

About these ads